Adestramento

guabi620

consulta ID3

App CBH

Vinte e oito conjuntos disputaram nesta quarta-feira, 28/9, o pódio do FEI World Dressage Challenge 2011, competição considerada uma das mais importantes do mundo para o desenvolvimento do Adestramento Clássico. A desafio teve como palco o Clube Hípico de Santo Amaro, na Capital paulista, com julgamento a cargo dos juizes internacionais Peter Holler, da Alemanha, e Jacques van Daele, da Bélgica.

João Victor Oliva, campeão do ranking paulista e brasileiro da categoria Junior em 2010, foi o destaque da série Elementar ao conquistar os dois primeiros lugares do pódio. Sob a sela de Zodiac dos Diamantes faturou o título de campeão com a excelente média final de 70,135% - a segunda maior entre todos os competidores -, e de vice-campeão montando Portugal com média final de 69,459%. Seu irmão Antonio Victor Oliva ficou em 4º lugar montando Zunido da Raposa, 67,365%. Enquanto o 3º posto coube a Giovana Pass com Sansão Itapuã, 67,770%.

 


O jovem talento João Victor Oliva com seu Zodiac dos Diamantes em clique de arquivo por Ney Messi/ABPSL


Ainda na série Elementar, categoria adulto, Ewerton Yalle Cavalaro montando Xião sagrou-se campeão com média final de 69,122%, obtendo, ainda, a terceira colocação da série Preliminar com Apolo LS (68,879%).O 2º posto foi de Ricardo Nardy com Black Jack, 68,041%.

Na série Preliminar, também levantaram o troféu de campeões do Challenge 2011: Giovana Pass com Azeitona Comando SN, 68,448%, 1ª colocada na categoria children, mesma série em que Rodrigo Evangelista montando Black da Prata venceu pelos adultos registrando a excelente média final de 72,759%, a maior entre todos os competidores.  Em 2º lugar chegou Elsom Sabini com Arhus, 69,914%.

Rodrigo venceu, ainda, na série Advanced montando Zurique do Arete, 67,432%. Pela série Média o título ficou com Sérgio Castany de Fiori montando Don Enrico AMM, 66,813%,  e Pia Aragão com Zepelim Interagro, 65,132%, no Prix St. George.

Os 14 melhores conjuntos da competição, participam nesta quinta-feira, 29/9, da tradcional clínica, promovida a cada ano com os juizes internacionais após a disputa no picadeiro.

As regras do desafio mundial


O FEI Word Dressage Challenge é focado nas categorias de base e realizado anualmente em 50 países que são divididos em dez grupos. O Brasil faz parte do Grupo I junto com África do Sul, Argentina, Chile e Uruguai. O diferencial desta competição é que uma dupla de juízes percorre todos os países do Grupo avaliando e fazendo comparativos de evolução técnica dos conjuntos. No final da rodada, as equipes de cada país disputam a classificação do Ranking.

O time brasileiro foi formado por João Victor Marcari Oliva/Portugal, 69,459%, Ewerton Yalle Cavalaro/Xião, 69,122%, ambos na série Elementar, Sérgio Castany de Fiori/Don Enrico AMM, série média, 66,813, e Pia Aragão/Zepelin Interagro, Prix St George, 65,132%, somando o percentual 270,526% - fechando com 205,394%, conforme a regra, já computado o descarte da menor nota.

O FEI Word Dressage Challenge, etapa Brasil, é um evento promovido pela Federação Equestre Internacional (FEI) com chancela da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) e organização da Federação Paulista de Hipismo (FPH) e Clube Hípico de Santo Amaro (CHSA).

Clique aqui e confira o resultado completo.


Com a fonte: FPH – Carola May com Rute Araújo / Coudelaria Iha Verde

               novo logo cob 75                              ministerioesp227 2017              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150 / Fax: (21) 2277-9165

© Copyright 2010 - 2017   |   Todos os direitos reservados   |   Produzido por Magoo Digital