CCE

guabi620

consulta ID3

App CBH

O cavaleiro paulista radicado na Inglaterra, Ruy Fonseca terminou a seletiva olímpica do Concurso Completo Internacional 3* em Vairano na região de Milão (Itália) com um importante resultado nesse domingo, 17/4. Montando Tom Bombadill, Ruy conquistou a 8ª colocação com 53 pontos no adestramento, 64,1%, zero pontos no crosse e uma falta no Salto. Com esse resultado e o outro índice qualificação em Barroca D Alva em março, Ruy já está tecnicamente qualificado e vem firme rumo a Londres 2012.

O cavaleiro top Ruy Fonseca em ação com seu Tom Bombadill ; foto: arquivo pessoal


 
Entre os 30 concorrentes, somente 19 terminaram a prova em condições climáticas bastante quentes. "No dia do cross em 16/4, a temporada estava em torno de 28º C. Procurei não apertar muito no tempo e fazer uma prova segura", conta Ruyzinho.

"Fico muito contente por já estar qualificado para Londres a 16 meses dos Jogos. Mas agora o trabalho aumenta e quero me dedicar ainda mais nos treinamento. Ainda temos que melhorar bem no Adestramento, tenho o objetivo de atingir 70% de aproveitamento e vejo isso muito possível. Qualificar para Londres me deixou muito tranquilo, ma,  ao mesmo tempo, temos que buscar sempres mais", afirma o cavaleiro, melhor brasileiro no Mundial 2010 com a 36ª colocação.

Ruy Fonseca com seu valente e brioso Tom Bombadill Too em clique no Concurso 4* em Luehmuelhen 2010; foto arquivo pessoal FB Fonseca: Kerstin Hoffmann



"Agora meu objetivo é trabalhar rumo aos Jogos Panamericanos 2011 no México e buscar uma medalha por equipes para o Brasil e a qualificação olímpica do país. Mas a meu ver, temos que ter como meta a medalha de ouro e não o bronze. É preciso que sejamos competitivos no Pan ainda mais por ser um concurso de nível 2*. Sinto que também podemos buscar uma medalha individual."
 
O final de semana na Itália teve também alguns percalços. "Com minha outra montaria o Idaho Dargonne, também na categoria 3*, eu vinha fazendo uma prova fantástica até o penúltimo obstáculo quando por um grande má sorte, ele deixou uma das patas dianteiras no obstáculo e não tivemos chance de ficar em cima. Fiquei muito triste, pois podíamos star entre os três primeiros colocados da prova. Mas o importante é que o cavalo está bem e eu escapei somente com alguns hematomas. Nada que me impediu de competir com Tom Bombadill algums horas depois.
 
Resultado  da seletiva olímpica

1º Sara Algotsson - Suécia
2º Julia Mestern - Alemanha
3º Rafa Kooremans  - Holanda
4º Peter Flaurup  - Dinamarca
5º Marco Biasia  - Itália
6º Tamara Aclilin - Suíça
7º Eveline Bodemuller  - Suíça
8- Ruy Fonseca - Brasil
9º Harald Siegl - Austria
10º Merel Blow - Holanda
 
CBH com a fonte: Ruy Fonseca

    novo logo cob 75                              52486598 2004012323016475 4886399187605782528 n              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo -
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150

Horário de Funcionamento: 08:00 às 17:00 hrs - Seg. à Sex.

© Copyright 2010 - 2017 | Todos os direitos reservados | Produzido por  Magoo Digital