Paraequestre

guabi620

guabi180

App CBH

Sagraram-se campeões da Copa Brasil Paraequestre que movimentou a Sociedade Hípica de Brasília, entre 14 e 16/9, os brasilienses Davi Mesquita, Grau 1b, Sérgio Froes Oliva, Vera Mazzilli, nível Grau IA,  e o paulista Thiago Fonseca dos Santos, Grau IV. Além de conquistarem o título do campeonato, os três cavaleiros do Distrito Federal alcançaram o percentual  acima de 64% de aproveitamento na primeira prova garantindo a vaga na equipe brasileira que disputa qualificatórias na Europa em dezembro e janeiro próximos para os Jogos Paraolímpicos de Londres 2012.

“Treinei muito para isso. Nas últimas duas semanas peguei mais pesado e tive todo o apoio da minha treinadora. Tenho trabalhado para melhorar cada vez mais e tenho conseguido”, afirmou Davi, 25 anos, que sentiu o gosto de disputar uma Paraolimpíada em Pequim 2008 e quer mais.

Davi Mesquita,ladeado pelo casal Marcela, diretora Paraequestre da Confederação Brasileira de Hipismo,  e Andrew Parsons, presidente do Comitê Paraolímpico Brasilieiro; foto: Maria Luiza dal Pae

 

Davi, Sérgio e Vera estão garantidos nas qualificativas olímpicas em Portugal, em dezembro próximo, e Espanha, em janeiro de 2012.  Também disputará as seletivas europeias: o cavaleiro e treinador de Salto Marcos Fernandes Alves, o Joca, duas vezes medalha de bronze nas Paraolimpíadas 2008 - grau 1 b.

 

O time brasiliense Vera Lucia, Davi Mesquita, Sérgio Froes, José Higino de Oliveira, Marcela Parsons e Luis Alberto Borges Corá


A competição reuniu 14 atletas do Distrito Federal, São Paulo e Minas Gerais. Francisco Glicério de Freitas Neto, Arnaldo Conde Filho, ambos juizes da Federação Equestre Internacional, Olívia Maria Sikorski, Maria Luisa Varella Dal Pai e Alexandre Leão, juizes credenciados pela Confederação Brasileira de Hipismo, estiveram frente ao julgamento.

Ao final, subiram ao topo do pódio Vera Lúcia Mazzilli (DF), Davi Mesquita (DF), Victor Zallio Pereira (MG), Thiago dos Santos (SP), Sergio Oliva (DF) e Luis Alberto Corá (DF).

O cavaleiro brasiliense Luis Alberto Borges Cora, vencedor na categoria Grau III - team test, com Marcela Parsons



O cavaleiro de São Paulo Thiago Fonseca dos Santos, campeão no Grau IV, com sua treinadora Andrea Koeber

O brasiliense Sérgio Froes, campeão na categoria 1 A, presença garantida nas qualificativas europeias

O mineiro Victor Sallio Alves Pereira, grande vencedor no estilo livre com música e team test - grau III, em clique ao lado de sua equipe

O cavaleiro paulista Ulisses Caruso Garavatti, destaque na categoria '1 b,  com sua instrutora Andrea Koeber frente ao Instituto Passo a Passo em Itatiba (SP)

 

O premiado cavaleiro paulista Jeferson Willian Teodoro, destaque no Grau III, com seu treinador Lucas, a chefe de equipe Andrea Koeber

 

Gabriele Walter, classificadora e instrutora de Adestramento Paraequestre, e os juizes Alexandre Leão e Maria Luiza Dal Pai

 

A união das equipes de São Paulo e Brasília em clique para posterioridade



Para a diretora do Adestramento Paraequestre da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), Marcela Parsons, os resultados foram satisfatórios. “Tivemos a participação de novos atletas, com destaque para os níveis IB, III e IV. O resultado da Copa Brasil torna a realização do CPEDI Três Estrelas em abril, que valerá vaga direta para as Paraolimpíadas de Londres mais atraente. O Brasil está na segunda posição no ranking internacional, com percentual acima de 70%. Esperávamos que mais atletas conquistassem o percentual mínimo de classificação (64%), mas os três representarão o País muito bem lá fora”, afirma Marcela, em entrevista ao site do Comitê Paraolímpico Brasileira.

Organizada pela Federação Hípica de Brasília, a Copa Brasil conta com a chancela do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB), Confederação Brasileira de Hipismo e é regida pelas regras da Federação Equestre Internacional (FEI).

“Mais uma vez a CBH promoveu uma competição de altíssimo nível, bem organizada e de bom nível técnico. Os atletas corresponderam bem, demonstrando sua melhor equitação. Parabenizo a todos que participaram e desejo sorte àqueles que se classificaram”, ressalta Andrew Parsons, presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro.

Resultados

Sexta-feira, 14 - Team Test

Grau IA
Vera Lúcia Mazzilli (DF) – Barney – 65,647%      
Sergio de Oliva (DF) – Ringo Star Pioneiro – 62,588%
Sergio de Oliva (DF) – Artemix – 58,824%
José Higino de Oliveira (DF) – Tropicália – 58,471%

Grau IB
Davi Mesquita (DF) – Rebel – 64,091%
Ulisses Garavatti (SP) – Querubim – 61,182%
Luiz Felipe Menin (MG) – Scarlett – 40,636%

Grau III
Victor Zallio Pereira (MG) – Vulcano das Gerais - 58,667%
Victor Zallio Pereira (MG) – Valentina - 56,593%
Luis Alberto Corá (DF) – Tropilcália - 55,259%
Jeferson Teodoro (SP) - Querubim - 51,852%
Igor Salgado (MG) – Fly - 51,556%

Grau IV

Thiago dos Santos (SP) – Meteor - 59,625%
Thiago dos Santos (SP) – CS Wellson - 59,438%

Sábado, 15 - Individual

Grau IA

Sergio Oliva (DF) – Artemix - 69,400%
Vera Mazzilli (DF) – Barney - 64,700%
Sergio Oliva (DF) – Ringo Star Pioneiro - 63,100%
José Higino de Oliveira (DF) – Tropicália - 59,400%

Grau IB
Davi Mesquita (DF) – Rebel - 64,696%
Ulisses Garavatti (SP) – Querubim - 60,522%
Luiz Felipe Menin (MG) – Scarlett - 48,522%

Grau III

Luis Alberto Corá (DF) - Tropicália - 56,267%
Victor Zallio (MG) – Vulcano das Gerais - 56,067%
Victor Zallio (MG) – Valentina - 53,333%
Jeferson Teodoro (SP) - Querubim - 50,800%
Igor Salgado (MG) – Fly - 50,000%

Grau IV
Thiago dos Santos (SP) – Meteror - 56,194%
Thiago dos Santos (SP) – CS Wellson – 47,806%

Domingo, 16 – Estilo livre

Grau IA

Sergio Oliva (DF) – Artemix - 67,800%
Vera Mazzilli (DF) – Barney - 66,050%
Sergio Oliva (DF) – Ringo Star Pioneiro - 63,600%
José Higino de Oliveira (DF) – Tropicália - 57,400%

Grau IB
Davi Mesquita (DF) – Rebel - 66,500%
Ulisses Garavatti (SP) – Querubim - 56,900%
Luiz Felipe Menin (MG) – Scarlett - 40,100%

Grau III
Victor Zallio (MG) – Vulcano das Gerais - 61,200%
Luis Alberto Corá (DF) - Tropicália - 54,800%
Victor Zallio (MG) – Valentina - 53,450%
Jeferson Teodoro (SP) - Querubim - 49,550%

Grau IV
Thiago dos Santos (SP) – Meteror - 66,650%
Thiago dos Santos (SP) – CS Wellson – 59,000%

Resultado completo - clique aqui.

CBH - C. May com a fonte: Comitê Paraolímpico Brasileiro; fotos: Maria Luisa Varella Dal Pai/cedidas

               novo logo cob 75                              ministerioesp227 2017              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150 / Fax: (21) 2277-9165

© Copyright 2010 - 2017   |   Todos os direitos reservados   |   Produzido por Magoo Digital