Salto

guabi620

guabi180

App CBH

Saiu nesse domingo, 27/11, a decisão do Campeonato Brasileiro de Amazonas em suas quatro categorias - 1, 1.10, 1.20  e 1.30 metro - na charmosa Sociedade Hípica Brasileira, no Rio de Janeiro.  Com direito a armação de pista da course-designer internacional Marina Azevedo sagraram-se campeãs: a baiana Manuela Cunha com Qwina Z, na categoria Amazonas Top - 1.30m, a brasiliense Flávia da Rocha Azevedo com Manege RM HFB Frederia, Amazonas - 1.20 metro, Carolina Halembeck montando Carbine, amazonas A - 1.10m e Fernanda Lemos com Paco Cristal, Amazona B - 1 metro.

 

Manuela Cunha com sua Qwina Z rumo à vitória no Brasileiro de Amazonas Top; foto: Beatriz Cunha


“Em nome da Confederação Brasileira de Hipismo, parabenizo as campeãs brasileiras e amazonas de 13 diferentes Estados que garantiram um belo espetáculo esportivo e de fair play aqui na Sociedade Hípica Brasileira, palco de históricas disputas nacionais e internacionais”, destaca Luiz Roberto Guigni, presidente da entidade.

Ao todo 298 concorrentes de 13 estados - 104 na série 1 metro, 83 na 1.10 metro, 65 na 1.20 metro e 46 a 1.35 metro - prestigiaram o único campeonato brasileiro de hipismo 100% feminino.


Manuela Cunha e Qwina Z vencem de ponta a ponta a 1.30 metro

A tarde esteve chuvosa neste domingo no Rio de Janeiro e o percurso final do Campeonato Brasileiro de Amazonas Top, a 1.35 metro, bem delicado.  Só quem conseguiu chegar ao final totalmente sem faltas, com zero pontos perdidos, foi a jovem amazona top da Bahia: Manuela Monteiro Rodrigues da Cunha e sua excepcional Qwina Z, que levou mais este título para casa.

Manuela e Qwina Z: vitória da Bahia no Brasileiro de Amazonas Top 2011; foto: Beatriz Cunha


A prata ficou com a top paranaense Paula Alho e seu Acordian Jmen que finalizaram com apenas dois pontos perdidos todo o campeonato. Já a medalha de bronze e o bronze teve direito a um acirrado desempate entre cinco concorrentes que traziam uma falta apenas no campeonato.

Campeã brasileira em 2009, Paula Alho e Acordian JMen honraram o Paraná com o vice-campeonato; foto: Beatriz Cunha


Em mais um excelente resultado do Paraná e fazendo jus a sua condição de um dos mais competitivos conjuntos do país, Giovanna de Finis Sobania com Atomo Clasi, vencedora de diversos mini GPs no circuito nacional, levou o bronze com pista limpa, em 32s82. Completaram o placar, as jovens amazonas Anna Paula Nerung de Noronha com By Rnana Acortack, pelo Rio Grande do Sul, sem faltas em 36s01seguido pela mineira Vitoria Rabello Nolli com Land Innsbruck e catarinense Sofia Monteiro da Silva Scheer com Fundoesporte Levin, ambas com um derrube, em 33s14 e 33s46.



Placar Final 1.30 metro

Campeã Manuela Monteiro Rodrigues da Cunha / Qwina Z - FHBA - 0 ponto perdido (pp)
Vice Paula Alho / Acordian JMen - FPRH - 2 pp
3º Giovanna de Finis Sobania / Atomo Classi - FPRH - 4 pp
4º Anna Paula Nerung de Noronha / By Ranna Acortack Guet - FGEE - 4 pp
5º Vitoria Rabello Nolli / Land Innsbruck - FHMG - 4 pp
6º Sofia Monteiro da Silva Scheer / Fundoesporte Levin Z - FCH - 4 pp

Em um desempate acirrado, Flávia Azevedo com Frederika leva a melhor a 1.20 metro

Na série Amazonas 1.20 metro, quem levou o título brasileiro foi a representante de Brasília, Flávia Rocha Mello de Azevedo, que montou Manege RM HFB Frederika em um emocionante desempate com outras seis amazonas sem um único ponto perdido ao longo dos três dias de competição. Flávia e sua Manege RM HFB Frederika, conjunto campeão brasileiro amador 2011, garantiu o título com mais um percurso sem faltas em 32s27.

Flávia Rocha Mello de Azevedo garantem o segundo título brasileiro na temporada 2011; foto: Beatriz Cunha



Pelas cores do Pernambuco, a jovem amazona Amanda Crescencio Pedrosa levou Ultimate Método ao vice-campeonato, sem faltas, em 32s60. O 3º posto foi para a gaúcha Luma Fernandes de Souza com Ksar du Houmier Z, pista limpa, 33s94.  Na 4ª colocação aparece a paulista Luiza Almeida Santos com Graf Lanthan, sem faltas, 3985. Também por São Paulo, em 5º lugar chegou Yasmin Carmona com Horacio JMen Lukarmona, campeã brasileira jovem cavaleiro A, que registrou 32s15, porém com uma falta. E, finalmente, novamente por São Paulo, Ana Carolina Correira Ferreira com Ideal Domar fechou o placar em 6º lugar, uma falta, 33s67.

 


Placar Final Amazonas - 1.20 metro

Campeã Flavia Rocha Mello de Azevedo / Manege RM HFB Frederika - FHBR - 0 pp
Vice Amanda Crescencio Pedrosa / Ultimate Método - FEP - 0 pp
3º Luma Fernandes de Sousa / Ksar du Houmier Z - FGEE - 0 pp
4º Luiza Almeida Santos / Graf Lanthan - FPH - 0 pp
5º Yasmin Carmona / Horacio JMen Lukarmona - FPH - 0 pp
6º Ana Carolina Correia Ferreira / Ideal Domar - FPH - 0 pp

Carolina Halembeck com Carbinze vence o duro páreo a 1.10 metro

 A série de 1.10 metro também teve um desempate de tirar o folêgo entre nada menos que nove concorrentes zeradas após a 3ª e última prova. Sagrou-se campeã pelas cores de Santa Catarina, Carolina Castilho Halembeck com Carbine Z, pista limpa, 30s61.

Carolina Castilho Halembecik com Carbine Z saltando para vitória no Brasileiro de Amazonas A; foto: Beatriz Cunha


Por Minas Gerais, Isabella Monteiro Alvares de Oliveira com Clyde conquistou o vice-campeonato, sem faltas, 31s78. Logo atrás, sem faltas em 31s83, veio sua conterrânea Paula de Oliveira Caixeta com Danger Itapuã emplacando na 3ª colocação. Na 4ª colocação aparece Gabriela Feffer com seu Iramiro Método de Jet, pista limpa, 33s, por São Paulo. Novamente por Minas Gerais, Raissa Sobrinho Homem levou LM Chandon ao 5º posto, sem faltas, 33s77. A paulista Daniella Freire de Carvalho Lunardelli com Webalius registrou 31s08, com uma falta, fechando na 6ª colocação.

Placar Final Amazonas A

Campeã Carolina Castilho Halembeck / Carbine Z - FCH - 0 pp
Vice Isabelle Monteiro e Alvares de Oliveira / Clyde Z - FHMG - 0 pp
3º Paula de Oliveira Caixeta / Danger Itapuã - FHMG - 0 pp
4º Gabriela Feffer / Iramiro Método Dejet  - FPH - 0 pp
5º Raissa Sobrinho Homen / LM Chandon - FHMG - 0 pp
6º Daniella Freire de Carvalho Lundardelli / Webalius SHB - FPH - 0 pp

 

Fernanda Lemos e seu Paco Cristal triunfam no Amazonas B - 1 metro


Na mais concorrida de todas as categorias Amazona B - 1 metro que contou com 104 concorrentes, nada menos que 13 chegaram zeradas ao final da terceira prova e, mais uma vez, disputaram o título brasileiro em um desempate, dessa feita, com a melhor aproximação ao tempo ideal de 47 segundos. Com mais uma pista limpa, em 47s01, ou seja aproximação de 0,01s, a gaúcha Fernanda Bourscheidt Lemos com Paco Cristal comemorou o título de campeã brasileira. Pelo Paraná, Isabela Lopes Aisengart com AD Presente conquistou o vice campeonato, pista limpa, 47s04.

A grande campeã Fernanda Lemos em clique para a posteridade


Por Santa Catarina, Stefany Goudezenko Hernandez com seu Dark emplacou em 3º lugar, sem faltas, 47s18. Representando Brasíli,  Marina Carvalho Soares de Queiroz com Surraila obteve o 4º posto, pista limpa, 46s64. A 5ª colocaçaõ foi para a amazona paranaense Lauran Gomes de Aquino com Alana Bela Adal que zerou em 47s79. A catarinense Stefany desta feita, com Frederico, sem faltas, 48s09,  fechou o pódio em 6º lugar.


Placar Amazonas B - 1 metro

Campeã Fernanda Bourscheidt Lemos / Paco Cristal - FGGE - 0 pp
Vice Isabela Lopes Aisengart / AD Presente - FPRH - 0 pp
3º Stefany Goudzenko Hernandez / Darck - FCH - 0 pp
4º Marina Carvalho Soasres de Queiros / Surraila - FHBR - 0 pp
5º Laura Gomes de Aquino / Alana Bela Adal - FPRH - 0 pp
6º Stefany Goudzenko Hernandez / Frederico - FCH - 0 pp

             

CBH - Carola May com a fonte CPC Comunicação - Christiane Paiva Chaves e fotos: Beatriz Cunha

               novo logo cob 75                              ministerioesp227 2017              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150 / Fax: (21) 2277-9165

© Copyright 2010 - 2017   |   Todos os direitos reservados   |   Produzido por Magoo Digital