Salto

guabi620

consulta ID3

App CBH

Foram 50 os conjuntos (cavalo/cavaleiro) top mundiais que largaram no Prix France Galop, a 1.50 metro, na tarde dessa sexta-feira chuvosa, 22/7, na 7ª Etapa do Global Champions Tour (GCT), em Chantilly, na França.

Largando na metade da prova, o medalhista olímpico brasileiro Alvaro Miranda, o Doda, com seu AD Wilbert Z, de apenas 8 anos, fez pista limpa, em 66s96, e liderou praticamente até o final. Mas o antepenúltimo concorrente, o venezuelano Pablo Barrios com G & C Quick Star II acabou batendo a marca sagrando-se campeão sem faltas em 66s34.


Após três classificações em Aachen, Doda e seu AD Wilbert Z voltam a emplacar em Chantilly; foto: Stefano Grasso/GCT

 

“Foi bom entrar ao final, assim eu tive a oportunidade de assistir muitos cavaleiros. Eu vi o percurso do Doda e busquei fazer o mesmo traçado um pouquinho mais rápido", declarou o venezuelano.
 

O vencedor Pablo Barrios com G & C Quick Star II; foto: Stefano Grasso/GCT

 

Doda também tinha motivos de sobra para comemorar. “O AD Wilbert é um cavalo muito bom com resultados muito consistentes no momento. Ele se classificou três vezes em Aachen na semana passada e também participamos do GP do Global Tour em Estoril. Mas eu não vou competir com ele no GP de amanhã, porque ele ainda é um pouco jovem para apertá-lo tanto. Por isso, decidi competir com o AD Norson no GP de Chantilly", declarou, satisfeito, Doda, 14º colocado no ranking mundial, a melhor posição em sua carreira.

O holandês Leopold van Asten com VDL Amelia, vencedor da prova a 1.45 metro no Global Tour em Estoril há duas semanas, obteve o 3º posto, pista limpa, em 68s08.

Pela manhã, o campeão olímpico Rodrigo Pessoa com Palouchin, um filho de Baloubet du Rouet, sagrou-se vencedor do Prix de la Ville de Chantilly, a 1.40 metro, repetindo o mesmo placar da prova de abertura da 6ª Etapa do Global Champions Tour em Estoril. Também estão saltando em Chantilly, o top carioca Rodrigo Marinho e jovem amazona carioca Carolina Drummond, atual campeã brasileiro pré-junior.


Rodrigo Pessoa e seu Palouchin saltam para a vitória em Chantilly; foto: Stefano Grasso/GCT

O Global Champions Tour é formado por 10 etapas, em nove países e três continentes, distribuindo mais de sete milhões de euros em prêmios. O Brasil e o Rio de Janeiro também fazem parte do circuito e recebem a 9ª etapa da competição durante o Oi Athina Onassis Horse Show, de 2 a 4 de setembro, na Sociedade Hípica Brasileira.

 



Da esquerda para direita, Edouard de Rothschild, president da France Galop, Pablo Barrios e Quick Star, Claude Gewerc, presidente do Picardie Regional Council e Gerard Manzinelli, presidente Jumping Chantilly; ; foto: Stefano Grasso/GCT

 

Carola May com as fontes: Global Champions Tour, Atto Sports e MKT Mix Rio; fotos: Stefano Grasso/GCT

    novo logo cob 75                              52486598 2004012323016475 4886399187605782528 n              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo -
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150

Horário de Funcionamento: 08:00 às 17:00 hrs - Seg. à Sex.

© Copyright 2010 - 2017 | Todos os direitos reservados | Produzido por  Magoo Digital