Salto

guabi620

consulta ID3

App CBH

A equipe Brasileira de Saltos estreou nessa quarta-feira, 26/10, no Guadalajara Country Club com a primeira prova, valendo tanto para a classificação por equipes quanto para a individual nos Jogos Pan-Americanos 2011. O Brasil encerrou o primeiro dia na terceira colocação com boas chances em busca do hexacampeonato. Os Estados Unidos lideram parcialmente a competição com os mexicanos, donos da casa, em segundo. Nessa terça, 27/10, os cavaleiros e amazonas voltam à pista para dois percursos e a definição das medalhas por equipe. No individual, a liderança está com a americana Elizabeth Madden montando Coral Reef Via Volvo.

Bernardo Alves com Bridgit é o brasileiro mais bem colocado após o primeiro dia, na 8ª colocação, seguido por Doda Miranda com AD Norson e Rodrigo Pessoa com HH Ashley.

"Estamos satisfeitos com os resultados de hoje. O objetivo era não forçar muito já no primeiro dia. Estamos no bolo e na briga pelo ouro. Os cavalos estão muito bem preparados e agora nos resta torcer para a medalha chegar", destacou Luiz Roberto Giugni, presidente da Confederação Brasileira de Hipismo.

A prova que abriu a modalidade de saltos nos Jogos de Guadalajara foi regida pela Tabela C, em que a falta é revertida em quatro segundos no tempo final de cada conjunto. O mexicano Javier Fernandez fez um percurso técnico com dificuldades progressivas na pista de 14 obstáculos.

O técnico e cavaleiro Rodrigo Pessoa foi o primeiro da equipe brasileira a se apresentar, uma estratégia utilizada pelo time verde e amarelo de começar com o mais experiente. No dorso de HH Ashley, Rodrigo fez um percurso sem faltas no tempo de 83s28 e terminou na 10ª posição.

A amazona gaúcha Karina Johannpeter montando Dragonfly de Joter foi a segunda a entrar na pista. Com uma falta, teve o tempo final de 88s57, terminando o dia na 22ª colocação. Sempre competitivo, o mineiro Bernardo Alves com Bridgit também cometeu uma penalidade mas compensou no tempo, encerrando com 81s72, na 38ª colocação.

Com toda sua experiência, Álvaro de Miranda Neto, o Doda, atualmente melhor colocado brasileiro no ranking da Federação Equestre Internacional na 16ª colocação, foi o último da equipe brasileira a entrar na pista. Com AD Norson, o medalhista olímpico fez um falta e terminou com o tempo de 82s78, ficando na 9ªcolocação no individual.

" O Norson saltou bem hoje. Como teremos um dia longo amanhã, sabia que não dava para exigir tudo hoje. Terminamos o dia em terceiro mas temos toda a condição de trazer a medalha de ouro amanhã", declarou Doda.

Nesta quinta, 27/10, o time brasileiro volta à pista para brigar pela medalha por equipes. No individual, os 25 melhores se classificarão para a grande final no sábado, 29/10. O Hipismo brasileiro tem um total de 20 medalhas em Jogos Pan-Americanos, sendo 11 na modalidade saltos.

Resultado Parcial - Equipe

1º EUA - 2.90
2º México - 3,26
3º Brasil - 7,61

Resultado Parcial - Individual

1º Elizabeth Madden / Coral Reef Via Volo (EUA) - 77s53 - 0 pts
2º Christine Mccrea / Romantovich Take One (EUA) - 79s29 - 0.88 pts
3º Daniel Michan / Ragna T (MEX) - 79s49 - 0.98 pts
8º Bernardo Alves / Bridgit (BRA) - 81s72 - 2.10 pts
9º Doda Miranda / AD Norson (BRA) - 82s78 - 2.63 pts
10º Rodrigo Pessoa / HH Ashley (BRA) - 0 - 83.28 - 3.04 pts
22º Karina Johannpeter / Dragonfly de Joter (BRA) - 88s57 - 5.52 pts

 

Fonte: MktMix Rio - Samantha Leiras e Alice Furtado

    novo logo cob 75                              52486598 2004012323016475 4886399187605782528 n              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo -
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150

Horário de Funcionamento: 08:00 às 17:00 hrs - Seg. à Sex.

© Copyright 2010 - 2017 | Todos os direitos reservados | Produzido por  Magoo Digital