guabi620

consulta ID3

App CBH

A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) realizou cinco seletivas – todas no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo – para a formação de uma equipe que representasse o País nos Jogos Olímpicos de Pequim.

Uma grande expectativa tomou conta de atletas, dirigentes e criadores desde que a vaga olímpica foi garantida quando o Brasil conquistou a medalha de Bronze no PAN do RIO em 2007.

A 1ª seletiva foi realizada ainda em 2007, no dia 30 de novembro. As outras quatro se realizaram em 2008: 14/2, 29/03, 18/04 e 09/05.

Preparação exemplar

Em uma iniciativa inédita na história do esporte no Brasil, os criadores de cavalo Lusitano Manuel Tavares de Almeida Filho, Victor Oliva, Paulo Salles e Tonico Pereira se uniram com o objetivo de proporcionar toda a infra-estrutura necessária para que seus cavaleiros e amazonas se preparassem para as duas ultimas seletivas olímpicas no Brasil. Foi criado em centro de concentração para os cinco conjuntos na Coudelaria Rocas do Vouga, em Itu (SP).

Treinados por Johan Zegers – técnico da equipe em Pequim - os atletas passaram por treinos programados, contaram com nutricionista, preparador físico, psicólogo especializado em atletas, além de palestras motivacionais com dois ex-atletas olímpicos: Hortência Marcari, a “rainha do basquete” e José Roberto Guimarães, técnico da seleção feminina de Vôlei.

No final do período de concentração, dois conjuntos do time medalha de Bronze no Pan do RIO 2007 conquistaram em solo brasileiro a qualificação para as Olimpíadas. Rogério Silva Clementino montando Nilo VO foi o primeiro a se qualificar. Na ultima seletiva no Brasil a amazona Luiza Tavares de Almeida com Samba também carimbou o passaporte.

Rogério Clementino e Nilo VO conquistaram o 1º índice rumo a Pequim na 3ª seletiva. Chegou em Hong Kong, local das competições, como primeiro afro-descendente da equipe brasileira de hipismo, mas viria o sonho de participar da competição frustrada quando Nilo VO não passou na Inspeção Veterinária

Mauricio Manfredi, presidente da Confederação Brasileira de Hipismo na fase seletiva, abraça Rogério Clementino depois da conquista da vaga olímpica

Na 5ª e última seletiva realizada no Brasil, Luiza Tavares de Almeida e Sambra conquistaram o 2º índice

 

Emocionado, Manuel Tavares Almeida, avô de Luiza, beija a neta

Em busca de índices na Europa

O sonho de disputar em equipe, fato inédito para o Brasil, levou outros dois conjuntos a buscar os índices na Europa: Leandro Aparecido da Silva montando Oceano do Top e Thaisa Tavares de Almeida com Riopele.

Concentrados no centro de treinamento de Johan Zagers em Dussendorf, Alemanha, a partir de maio, os quatro conjuntos dividiram o tempo entre treinamento árduo, adaptações e viagens para participar de provas que garantissem o índice de Leandro e Thaisa.

O esforço valeu a pena. Leandro Silva montando Oceano do Top conquistou o 1º índice (64,200%.) no dia 6 de junho em Lipiza, Capital da Eslovênia, e o 2º índice - 65,208% na avaliação da juíza francesa Isabelle Judet e 64,375% com o polonês Wojetek Markowski - no dia 27 de junho em Mierzecin, na Polônia.

O cavaleiro que levou um Lusitano pela primeira vez aos Jogos Panamericanos, em Santo Domingo/2003, Leandro Aparecido Silva montando Oceano do Top conquistou os dois índices na Europa, possibilitando a formação da equipe brasileira

A inédita equipe olímpica estava formada, e todos os três integrantes montando animais da raça Puro Sangue Lusitano, dois deles, Oceano do Top e Nilo V.O. nascidos no Brasil. Apesar do esforço, Thaisa Tavares de Almeida não conseguiu os almejados índices.

Confira a trajetória das seletivas no Brasil e dos atletas que buscaram índice na Europa.

1ª SELETIVA
30/11/2007 – Clube Hípico de Santo Amaro

Três conjuntos entraram em pista no Grand Prix “B” válido como primeira seletiva rumo às Olimpíadas de Pequim. Nenhum conquistou o índice. O melhor desempenho na prova foi de Elias Marinho que montando Portugal venceu a competição.

Responsáveis pela atribuição do índice mínimo de 64% estavam os juizes de nível “O” da FEI – Federação Eqüestre Internacional – Stephen Clarke, da Inglaterra, e Gotthief Riexinger, da Alemanha.

Elias e Portugal registraram as notas de 62,500% na avaliação de Clarke e 56,875% com Riexinger.

Buscaram também o índice os conjuntos Anne Marie Munters/Toy Boy e Rogério da Silva Clementino com Nilo VO.

2ª SELETIVA
14/02/2008 – Clube Hípico de Santo Amaro

Apesar de vencer o Grand Prix “B”, Rogério Silva Clementino montando Nilo VO não atingiu o índice mínimo de 64% depois que a única juíza de nível “O” presente, Elizabeth McMullen, atribuiu ao conjunto a nota de 62,917.

Quem chegou mais perto do índice foi Luciano Pereira Alves com Sargento do Top que recebeu a nota 63,542% da juíza canadense.

Participaram da disputa do Grand Prix “B” em busca do índice outros quatro conjuntos: Leandro Aparecido da Silva/Pantanal Filhos do Vento, Micheline Schulze/Lady Larome 2, Rodolpho Riskalla/Equestri Gigant e Anne Marie Munters/Toy Boy.

3ª SELETIVA
29/03/2008 – Clube Hípico de Santo Amaro

O conjunto Rogério Silva Clementino/Nilo VO conquistou o 1º índice olímpico e largou na frente em busca de uma vaga nos Jogos de Pequim.

O medalhista de bronze no Pan RIO 2007 levantou a torcida na 3ª seletiva olímpica para formação da equipe brasileira de Adestramento. A emoção tomou conta do atleta e da platéia quando veio o anúncio das notas atribuídas pelos dois juizes de nível “O” habilitados a atribuírem o índice: o olímpico Axel Steiner, dos Estados Unidos, atribuiu ao conjunto a excelente nota de 68,542% de aproveitamento, enquanto a canadense  Elizabeth McMullen , 66,259%.

Quem também esteve perto de conquistar o 1º índice foi Luiza Tavares de Almeida com Samba. Também medalha de Bronze no Pan do RIO, a amazona paulista alcançou os índices de 63,333% na avaliação de Steiner e 62,917%, com McMullen.

4ª SELETIVA
18/04/2008 – Clube Hípico de Santo Amaro

Rogério Clementino carimbou o passaporte para os Jogos Olímpicos ao conquistar o 2º e definitivo índice obrigatório na  4ª seletiva. O sonhado índice foi conquistado na avaliação da juíza belga Marriete Withages que atribuiu ao conjunto a nota de 65,417%. Rogério foi o primeiro atleta brasileiro do hipismo a garantir vaga nos Jogos de Pequim.

Quem também brilhou na 4ª seletiva foi a amazona Luiza Tavares de Almeida montando Samba. Recém-chegado da Europa, o conjunto medalha de Prata no Pan do RIO 2007 conquistou o 1º dos dois índices rumo a Pequim ao alcançar a nota de 66,667% de  Marriete Withages.

A conquista de Rogério também registrou um marco histórico para o esporte no Brasil. Pela primeira vez um cavalo “brasileiro” chegou tão longe. Da raça Puro Sangue Lusitano, Nilo V.O. nasceu nos campos do empresário paulista Victor Oliva, proprietário da Coudelaria Ilha Verde, em Araçoiaba da Serra (SP), e “patrono” do ginete que antes de se dedicar ao Adestramento clássico se aventurava em Rodeios montando touros.

5ª SELETIVA
08/05/2008 – Clube Hípico de Santo Amaro

Na ultima seletiva no Brasil a estrela do evento foi Luiza Tavares de Almeida com seu Lusitano Samba. A amazona paulista conquistou o 2º índice e a vaga para os Jogos Olímpicos de Pequim em meio a muita emoção.

Correspondendo às melhores expectativas Luiza garantiu o índice com todos os três juizes nível O (grau máximo da FEI): 66,458% com Gary Rockwell, dos Estados Unidos, 64,475% com Bernard Maurel, da França, e 64,167% com Elizabeth McMullen, do Canadá.

Aos 16 anos, Luiza Tavares de Almeida chegaria em Hong Kong - local aonde acontecem às competições de hipismo - na condição de amazona mais jovem de todos os tempos. O recorde pertencia a Rodrigo Pessoa, o mais premiado cavaleiro brasileiro de todos os tempos que em 1992, aos 19 anos, defendeu o Brasil nas Olimpíadas de Barcelona.

Fotos: Ney Messi/Cedidas ABPSL

               novo logo cob 75                              ministerioesp227 2017              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150 / Fax: (21) 2277-9165

© Copyright 2010 - 2017   |   Todos os direitos reservados   |   Produzido por Magoo Digital