guabi620

consulta ID3

App CBH

O Brasil chegou ao Centro Eqüuestre Shatin, em Hong Kong, local das provas hípicas nas Olimpíadas com sua primeira equipe de Adestramento. Os três conjuntos – Luiza Tavares de Almeida/Samba, Rogério Silva Clementino/Nilo VO e Leandro Aparecido Silva/Oceano do Top – foi formado por cavalos Lusitanos.

Ainda na Alemanha, na fase de treinos e busca de índices, o quarteto brasileiro em click de Julia Wentscher. Da esquerda para direita: Leandro Silva, Luiza Almeida, Thaisa Almeida e Rogério Clementino

Dois dias antes do início da competição, no entanto, o sonho de disputar pela primeira vez com uma equipe na modalidade Adestramento foi adiado. Nilo VO, montaria de Rogério Clementino, não passou na Inspeção Veterinária e foi cortado. Restava a Luiza e Leandro a disputa no Individual.

Mesmo abatidos com o episódio, a paulistana Luiza Almeida, 16, e o mato-grossense Leandro Silva, 32, entraram em pista na quarta-feira, 13 de agosto, e marcaram a participação do País na disputa.

Na platéia, uma torcida silenciosa acompanhava cada movimento na pista,  entre eles, o Ministro dos Esportes, Orlando Silva, que assistiu a apresentação dos dois brasileiros ao lado de Rogério e dos familiares dos atletas.

Luiza foi o terceiro conjunto da ordem de entrada. A caçula do hipismo não decepcionou e com uma apresentação bastante uniforme computou a média final de 60,833%. Leandro Silva e o também Lusitano Oceano do Top entraram na arena logo depois. Com uma apresentação regular, o cavaleiro conseguiu 60.125% de média final.

Luiza Almeida e Samba estréiam nos Jogos Olímpicos

No cômputo geral, Luiza ficou com a 40ª colocação e Leandro em 43. Estavam inscritos 50 conjuntos de 22 países, dentre os quais 47 participaram da fase classificatória.

Leandro Silva e Oceano do Top na arena dos Jogos de Pequim 2008

Com este resultado eles não conseguiram vaga na segunda classificatória, realizada no sábado, 16/8, quando foram selecionados os 15 melhores conjuntos para o Gran Prix Freesty – prova com música e coreografia – marcada para terça-feira, 19/8 e final da competição nas Olimpíadas.

No júri atuaram juízes da Holanda, Estados Unidos, Dinamarca, Alemanha e Hungria.

A experiência de estar em uma Olimpíada foi inesquecível para os três atletas, mas coube a Luiza Almeida a comemoração maior: aos 16 anos ela entrou para a história como a mais jovem amazona na história dos Jogos Olímpicos. Coincidentemente tomou o lugar de Rodrigo Pessoa, o maior nome do hipismo brasileiro que nas Olimpíadas de Barcelona, Espanha, em 1992, competiu no Salto aos 19 anos.

Rogério, Luiza e Leandro ostentam a bandeira sinalizando a presença do Brasil no estádio de Shatin, Hong Kong
 

    novo logo cob 75                              ministerioesp227 2017              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo -
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150

© Copyright 2010 - 2017 | Todos os direitos reservados | Produzido por  Magoo Digital