guabi620

consulta ID3

App CBH

Terminou nesse domingo, 18, a disputa pelo título da Final da Copa do Mundo de Saltos 2010 na Palexpo arena em Genebra na Suíça. O páreo foi duro. Após a 1ª passagem do GP Final, a liderança vinha em mãos do canadense naturalizado norte-americano Mario Deslauries com Urico. Enquanto a amazona paulista Luciana Diniz, que defende Portugal, deu um show de categoria com pista limpa garantindo a vice-liderança parcial a cinco pontos do líder.

 

A espetacular Palexpo arena em Genebra: palco da 32ª Final de Copa do Mundo
 

Ao todo, 29 de um total de 43 conjuntos (cavaleiro / cavalo) habilitaram para a 3ª e decisiva rodada, disputada a 1.60 metro, em duas voltas. O tricampeão da competição Rodrigo Pessoa e Let´s Fly que vinha em 5º lugar empatado com Luciana após a 2ª parcial na sexta-feira, não foi feliz em sua apresentação com oito pontos perdidos na 1ª volta e oito na 2ª - resultado que o colocou no 16º posto na classificação geral.

Concorrentes da 32ª Final de Copa do Mundo em clique para posterioridade
 

Entre os 20 conjuntos que foram para a 2ª decisiva no GP Final, três empataram na 1ª colocação no GP Final: o norte-americano Richard Spooner / Cristallo, o irlandês Dermott Lennon / Hallmarck Elite e o sempre competitivo alemão Ludger Beerbaum / Gotha - que viria a conquistar o vice-campeonato empatado com o atual líder do ranking FEI Pius Schwizer / Carlina.

Marcus Ehning que virou para a 2ª volta em 3º lugar e trazia quatro pontos da 1ª passagem zerou a 2ª volta - assumiu a liderança parcial com 6 pontos perdidos - placar que permaneceu imbatível até o final.

Marcus Enhing com o garanhão Pot Blue (Mr. Blue em Pilot) a caminho do tricampeonato


Luciana e Winningmood cometeram uma falta na vertical de nº 10, antepenúltimo obstáculo da 2ª volta, fechando com 9 pontos perdidos. Já Mario Deslauries, campeão em 1984 montando Aramis, viu suas chances do bicampeonato morrererm ao perder 13 pontos na 2ª passagem do GP Final caíndo para a 6ª colocação na classificação geral.

Luciana Diniz com o sela belga Winningmood (Darco x Cassini), de 11 anos, perdeu o título por pouco arrematando a honrosa 4ª colocação; foto arquivo: C. Bricot - site Equisport 
 

Estava definido o pódio: Marcus Ehning, 36, campeão nas finais de Las Vegas 2003 e Kuala Lumpur 2006, sagrou-se tricampeão.  O alemão Ludger Beerbaum com Gotha e Pius Schweizer, que apresentou Ulysse na 1ª parcial e Carlina nas duas outras, dividiram o vice-campeonato com 7 pontos perdidos. 

 Os vice-campeões, o suíço Pius Schweizer (à esquerda) e o alemão Ludger Beerbaum (direita) comemoram com o vencedor Marcus Ehning que agora integra o hall dos tricampeões da competição  
 

Com isso, Ehning, que completa 36 anos nessa segunda-feira, igualou o feito do brasileiro Rodrigo Pessoa, campeão em 1998, 1999 e 2000, Meredith Michaels Beerbaum, campeã 2005, 2008 e 2009, e do austríaco Hugo Simon, campeão em 1979, 1996 e 1997. Ainda assim o tricampeão Rodrigo é considerado o maior vencedor ao longo das 32  edições da competição pois ainda acumula dois vice-campeonatos em 2001 e 2003 e o 3º posto em 2002, entre outras classificações entre os 10 primeiros colocados. 

"É inacreditável. Após a 1ª passagem eu pensei que estivesse tudo perdido. Mas me motivei e decidi lutar. Eu teria ficado feliz com o vice e senti pelo Mario (Deslauries) que fez um grande campeonato. Estou muito feliz", declarou o Ehning. O cavaleiro foi o primeiro na história da competição a conquistar o título com duas montarias: na primeira parcial, a prova de velocidade, Ehning saltou com a égua Noltes Küchengirl e Plot Blue, um garanhão de 13 anos, cumpriu a missão nas duas últimas parciais.

Marcus Ehning, tricampeão, aniversariante nessa 2ª feira, ganhou um belo presente antecipado pelos seus 36 anos de vida

O vice-campeão Beerbaum, campeão em 1993 com Ratina Z, também estava satisfeito. "Eu queria chegar entre os cinco primeiros.  A Gotha, de apenas 9 anos, é filha do Goldfever e por isso seu proprietário pediu atenção especial a ela. Ela está ficando cada vez melhor."  O também vice Pius Schwizer finalizou: "é muito bom competir aqui em casa na Suíça. Estou muito orgulhoso por essa competição maravilhosa."

Clique e consulte o resultado completo.

Veja quem foram os vencedores de todas as edições da Copa do Mundo


1979 Gotemburgo (SUE)

1. Hugo Simon  - Gladstone 
2. Katie Monahan  - The Jones Boy
3. Eddie Macken  - Carrolls of Dundalk
3. Norman Dello Joio  - Allegro

1980 Baltimore (EUA)

1. Conrad Homfeld  - Balbuco 
2. Melanie Smith  - Calypso 
3. Paul Schockemöhle  - El Paso

1981 Birmingham (GBR)

1. Michael Matz  - Jet Run
2. Donald Cheska  - Southside
3. Hugo Simon  - Gladstone

1982 Gotemburgo (SUE)

1. Melanie Smith  - Calypso
2. Paul Schockemöhle  - Akrobat
3. Hugo Simon  - Gladstone
3. John Whitaker  - Ryan's Son

1983 Viena (AUT)

1. Norman Dello Joio  - I Love You - 0 pontos por falta
2. Hugo Simon  - Gladstone - 4  pontos por falta
3. Melanie Smith  - Calypso - 7.50  pontos por falta

1984 Gotemburgo (SUE)

1. Mario Deslauriers  - Aramis - 4  pontos por falta 
2. Noman Dello Joio  - I Love You - 5 pontos por falta
2. Nelson Pessoa  - Moët & Chandon Larramy - 5 pontos por falta

1985 Berlim (ALE)

1. Conrad Homfeld  - Abdullah - 3 pontos por falta
2. Nick Skelton  - Everest St James - 4 pontos por falta
3. Pierre Durand  - Jappeloup - 8.50 pontos por falta

1986 Gotemburgo (SUE)

1. Leslie Burr Lenehan  McLain - 0 pontos por falta
2. Ian Millar  - Big Ben - 13 pontos por falta
3. Conrad Homfeld  - Maybe - 16.50 pontos por falta

1987 Paris (FRA)

1. Katharine Burdsall  - The Natural - 4.50 pontos por falta
2. Philippe Rozier  - Malesan Jiva - 7.50 pontos por falta
3. Lisa Jacquin  - For The Moment - 8 pontos por falta

1988 Gotemburgo(SUE)

1. Ian Millar  - Big Ben - 4 pontos por falta 
2. Pierre Durand  - Jappeloup de Luze - 8.5 pontos por falta
3. Philippe Lejeune  - Nistria - 12.5 pontos por falta

1989 Tampa (EUA)

1. Ian Millar  - Big Ben - 0 pontos por falta
2. John Whitaker  - Next Milton - 10.75 pontos por falta
3. George Lindeman  - Jupiter - 14.5 pontos por falta

1990 Dortmund (ALE)

1. John Whitaker  - Henderson Milton - 4 pontos por falta
2. Pierre Durand  - Jappeloup - 12.50 pontos por falta
3. Franke Sloothaak  - Walzerkönig - 14 pontos por falta

1991 Gotemburgo (SUE)

1. John Whitaker  - Henderson Milton - 1.50 pontos por falta
2. Nelson Pessoa  - Special Envoy - 5 pontos por falta
3. Roger-Yves Bost  - Norton de Rhuys - 5.50 pontos por falta

1992 Del Mar (EUA)

1. Thomas Frühmann  - Genius - 0 pontos por falta
2. Lesley McNaught-Mändli  - Pirol - 10.5 pontos por falta
3. Markus Fuchs  - Interpane Shandor - 11 pontos por falta

1993 Gotemburgo (SUE)

1. Ludger Beerbaum  - Almox Ratina Z - 8 pontos por falta
2. John Whitaker  - Everest Grannusch & Everest Milton - 10.5 pontos por falta
3. Michael Matz  - Rhum - 12,5 pontos por falta

1994 's-Hertogenbosch (HOL)

1. Jos Lansink  - Bollvorms Libero H - 0 pontos por falta
2. Franke Sloothaak  - Dorina & Weihaiwej - 9.5 pontos por falta
3. Michael Whitaker  - Midnight Madness - 14 pontos por falta

1995 Gotemburgo (SUE)

1. Nick Skelton  - Everest Dollar Girl - 7 pontos por falta
2. Lars Nieberg  - For Pleasure - 9 pontos por falta
3. Lesley McNaught-Mändli  - Barcelona SVH & Doenhoff - 13 pontos por falta

1996 Genebra (SUI)

1. Hugo Simon  - E.T. 10 penalties, 0/49s03
2. Willi Melliger  - Calvaro V 10, 0/51s10
3. Nick Skelton  - Dollar Girl 11 pontos por falta
4. Rodrigo Pessoa  - Special Envoy & Tomboy - 12.5 pontos por falta

1997 Gotemburgo (SUE)

1. Hugo Simon  - E.T. FRH - 0 pontos por falta
2. John Whitaker  - Grannush & Welham - 3.50 pontos por falta
3. Franke Sloothaak  - San Patrignano Joly - 6 pontos por falta

1998 Helsinque (FIN)

1. Rodrigo Pessoa - Loro Piana Baloubet du Rouet - 6.5 pontos por falta
2. Lars Nieberg  - Esprit - 7.5 pontos por falta
3. Ludger Beerbaum  - P.S. Priamos - 12.5 pontos por falta

1999 Gotemburgo (SUE)

1. Rodrigo Pessoa  - Gandini Baloubet du Rouet - 4 pontos por falta
2. Trevor Coyle  - Cruising - 5.5 pontos por falta
3. René Tebbel  - Radiator - 8.25 pontos por falta

2000 Las Vegas (EUA)

1. Rodrigo Pessoa  - Baloubet du Rouet - 0 pontos por falta
2. Markus Fuchs  - Tinkas Boy - 7.5 pontos por falta
3. Beat Mändli  - Pozitano - 10 pontos por falta

2001 Gotemburgo (SUE)

1. Markus Fuchs  - Tinka's Boy - 5 pontos por falta, 0/35s25
2. Rodrigo Pessoa  - Baloubet du Rouet - 5 pontos por falta, 8/33s90
3. Michael Whitaker  - Handel II - 8 pontos por falta

2002 Leipzig (ALE)

1. Otto Becker  - Dobels Cento - 7 pontos por falta
2. Ludger Beerbaum  - Gladdys S - 8 pontos por falta
3. Rodrigo Pessoa  - Baloubet du Rouet - 11 pontos por falta

2003 Las Vegas (EUA)

1. Marcus Ehning  - Anka - 2 pontos por falta
2. Rodrigo Pessoa  - Baloubet du Rouet - 6 pontos por falta
3. Malin Baryard  - H&M Butterfly Flip - 8 pontos por falta

2004 Milão (ITA)

1. Bruno Broucqsault  - Dileme de Cephe - 0 pontos por falta
2. Meredith Michaels-Beerbaum  - Shutterfly - 4 pontos por falta
3. Markus Fuchs  - Tinka's Boy - 8 pontos por falta

2005 Las Vegas (EUA)

1. Meredith Michaels-Beerbaum  - Shutterfly - 4 pontos por falta
2. Michael Whitaker  - Portofino 63 - 7 pontos por falta
3. Marcus Ehning  - Gitania 8 - 9 pontos por falta
3. Lars Nieberg  - Lucie 55 - 9 pontos por falta

2006 Kuala Lumpur (MAL)

1. Marcus Ehning  - Sandro Boy - 0 pontos por falta
2. Jessica Kürten  - Castle Forbes Libertina - 1 ponto por falta
3. Beat Mändli  - Ideo du Thot - 4 pontos por falta

2007 Las Vegas (EUA)

1. Beat Mändli  - Ideo du Thot - 5 pontos por falta
2. Daniel Deusser  - Air Jordan Z - 11 pontos por falta
3. Markus Beerbaum  - Leena - 12 pontos por falta
3. Steve Guerdat  - Tresor - 12 pontos por falta

2008 Gotemburgo (SUE)

1. Meredith Michaels-Beerbaum  - Shutterfly - 4 pontos por falta
2. Rich Fellars  - Flexible - 6 pontos por falta
3. Heinrich-Hermann Engemann  - Aboyeur W - 9 pontos por falta

2009 Las Vegas (EUA)

1. Meredith Michel-Beerbaum - Shutterfly - 0 pontos por falta
2. Mc Lain Ward - Sapphire
3. Albert Zoer - Okidok
5. Rodrigo Pessoa - Rufus

2010 Genebra (SUI)

1. Marcus Ehning - Pot Blue - 6 pontos por falta
2. Ludger Beerbaum - Gotha - 7 pontos por falta
2. Pius Schweizer - Carlina - 7 pontos por falta
4. Luciana Diniz - Winningmood - 9 pontos por falta
 


Fonte: Imprensa CBH com dados FEI, Wikipedia e site FPH ; fotos: Kit Houghton / FEI  
 

    novo logo cob 75                              52486598 2004012323016475 4886399187605782528 n              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo -
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150

Horário de Funcionamento: 08:00 às 17:00 hrs - Seg. à Sex.

© Copyright 2010 - 2017 | Todos os direitos reservados | Produzido por  Magoo Digital