guabi620

consulta ID3

App CBH

Time Brasil com Luiz Felipe de Azevedo Fº, Felipe Amaral, Yuri Mansur e Pedro Veniss superou sete equipes top mundiais como a Holanda, atual campeã mundial, e França, campeã em La Baule 2017. "Estamos no caminho certo com nossas equipes se renovando", destacou Pedro Paulo Lacerda, chefe de equipe.

Nesse domingo, 20/5, o Time Brasil de Salto garantiu uma inédita vitória na FEI Longines Nations Cup - Copa das Nações no 55º CSIO5* de La Baule, a cada ano o principal evento hípico na França. A equipe do Brasil formada por Luiz Felipe de Azevedo Filho / Chaccomo (1/1), Felipe Amaral / Germanico T (5/9), Yuri Mansur / Vitiki (0/4) e Pedro Veniss / Quabri de L´Isle (1/0) foi campeã fechando os dois percursos a 1.60 metro com apenas 7 pontos perdidos (pp) - computado o descarte dos resultados de Felipe Amaral. A esquadra verde amarela superou equipes top mundiais como a Holanda, campeã mundial em 2014, campeã europeia 2015 e da Liga da Copa das Nações 2017, a França, campeã da Copa das Nações de La Baule em 2017, e a Irlanda, campeã europeia 2017, liderada pelo brasileiro Rodrigo Pessoa. A Holanda foi vice com 8 pp e Suíça garantiu bronze, 9 pp.

podiolabaule2005 650

Luiz Felipe de Azevedo Filho, Pedro Veniss, Pedro Paulo Lacerda, Yuri Mansur e Felipe Amaral no alto do pódio no CSIO5* de La Baule, única Copa das Nações 5* na França

Último a largar, Pedro Veniss com Quabri L´Isle e com responsabilidade de garantir o zero para conquista do ouro comentou seu desempenho. "Quabri é o meu melhor amigo. Ele tem tanta força e escopo, sempre faz o melhor por mim, esse é o melhor sentimento do mundo!", garantiu Pedro, 35, medalha de ouro no Pan Rio 2017, integrante da equipes 5ª colocada nos Jogos Equestres Mundiais 2014, 4ª colocada no Pan 2015 e 5ª na Rio 2016.

pedroveniss 2005 650

Pedro com seu Quabri L´Isle

Yuri Mansur, 38, também comentou seu desempenho. “Eu comprei o Vitiki em outubro de 2017 w ele saltou sua primeira prova a 1.30m em novembro e agora vencemos aqui na Copa das Nações, é uma evolução muito rápida", comemorou o top brasileiro.

yurimansur 2005 650

Yuri e Vitiki

Luiz Felipe de Azevedo Filho, 43, primogênito do medalhista olímpico Luiz Felipe de Azevedo, foi o 2º melhor brasileiro com Chaccomo, com apenas 1 ponto perdido por excesso de tempo a cada passagem.

luizfelipe2005 650

Felipinho Fº e Chaccomo

Felipe Amaral, 27, ia competir com Carthoes BZ, mas devido a uma alergia de seu cavalo, estreou em uma Copa das Nações com sua nova montaria Germanico T.

felipeamaral2005 650

Felipe com Germanico T

"Hoje tivemos um dia iluminado de todos os nossos conjuntos. Os cavaleiros se ajudaram entre si e com união alcançamos esse resultado muito satisfatório", comentou Pedro Paulo Lacerda, chefe de equipe do Brasil e diretor de Salto da Confederação Brasileira de Hipismo. Em ano de Jogos Equestres Mundiais, que podem ser considerados a Olimpíada do hipismo realizada a quatro anos e que chega a sua 8ª edição entre 11 e 23 de setembro em Tryon (EUA), a agenda das próximas Copa das Nações já está definida.

comemoracao 2005 650

Comemoração merecida com união que faz a diferença 

Agenda rumo a Tryon 2018

Em mesmo final de semana, 31/5 a 3/6, três equipes do Brasil disputam Copas das Nações no CSIO5* de St Gallen na Suíça, CSIO3* Lisboa, Portugal e CSIO5* de Langley, Canadá. Em St Gallen o Brasil larga com Francisco Musa, Karina Johannpeter, Pedro Muylaert e Yuri Mansur (reserva a definir). Em Langley, o Time verde amarelo será formado por Eduardo Menezes, Rodrigo Lambre, Fabio Leivas e Bruno Rebello. Já em Lisboa o Brasil entra em pista com Tiago Ribas, Paulo Stewart, Felipe Guinato, Eduardo Filizola e Victor Luminatti. Depois entre 24 e 29/7, o Time Brasil busca o bicampeonato consecutivo no CSIO5* de Hickstead, na Inglaterra. "Estamos no caminho certo com nossas equipes se renovando e colhendo sementes que foram plantadas anteriormente", destacou Pedro Paulo, ainda cauteloso para dar um prognóstico rumo aos Jogos Equestres Mundiais. "Acho que ainda é cedo para falar dos Jogos Equestres Mundiais, somente mais perto da competição, poderemos analisar melhor as nossas chances." 

Campeão Brasil - 7 pontos perdidos (pp)
Luiz Felipe de Azevedo Filho / Chaccomo (1/1)
Felipe Amaral / Germanico T (5/9)
Yuri Mansur / Vitiki (0/4)
Pedro Veniss / Quabri de L´Isle (1/0)

Vice-campeã Holanda - 8 pp 
Jur Vrieling / VDL Glasgow VH Merelsnet N.O.P (4/9)
Frank Schuttert / Chianti´s Campion (0/4)
Marc Houtzager / Sterrehof´s Calimero (5/0)
Harrie Smolders / Don VHP Z (0/0)

3ª colocada Suíça - 9 pp 
Werner Muff/ Daimler (4/11)
Paul Estermann / Lorde Pepsi (0/4)
Alain Jufer / Rahmannshof Tic Tac (1/0)
Steve Guerdat / Hannah (8/0)

4º lugar Espanha- 12 pp 
5º lugar Alemanha - 14 pp
6º lugar Irlanda - 17 pp 
7º lugar França - 20 pp 
8º lugar Canadá - 25 pp

Resultado completo

Imprensa CBH - Carola May com infos FEI - fotos: Thomas Reiner FEI

 

               novo logo cob 75                              ministerioesp227 2017              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150 / Fax: (21) 2277-9165

© Copyright 2010 - 2017   |   Todos os direitos reservados   |   Produzido por Magoo Digital