guabi620

consulta ID3

App CBH

Terminou nessa segunda-feira, 21/10, a competição de Hipismo (modalidade Salto) na 7ª edição dos Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, na China. Participaram 56 cavaleiros de 21 países com 17 equipes de três cavaleiros e outras cinco que concorreram apenas no individual. Cavaleiros estrangeiros competiram com cavalos emprestados em três provas a 1.30/135 metro. O Time Brasil formado pelo TC Renato Pacheco e TC Marcelo Ferme, do Exército Brasileiro e o TC Cláudio Goggia, da Brigada Militar do Rio Grande do Sul e o técnico Cel Paulo Franco fechou a competição na 4ª colocação. A Russia garantiu ouro, a Itália, prata e a França, bronze.

Na disputa individual o Brasil fez bonito com o Tenente Coronel Claudio Goggia que montando Louton garantiu a medalha de prata após a 3ª e última prova. O italiano Emanuele Massimiliano Biachi com Matcho van D'Abdijhoeve foi ouro e a China bronze representada por Lixin Mago montando Veerle.

premiacao militares2110 650

Tenente Coronel Claudio Goggia devidamente premiado ao lado do chefe de equipe Coronel Paulo Franco, Tenente Coronel Renato Pacheco e Tentente Coronel Marcelo Ferme 

Com esse resultado Goggia agora computa três medalhas em Mundiais Militares. Goggia integrou a equipe medalha de ouro no Mundial 2011 no Rio de Janeiro onde também arrematou bronze individual e agora volta ao país com a prata conquistada na China.

podiomilitares 2110 650

Tenente Cel Claudio Goggi: prata individual para o Brasil nos Jogos Mundiais Militares 2019

Coronel Paulo Franco, chefe de equipe e experiente horseman, destacou a excelencia do evento. "Observei o de melhor índice técnico dos dois Jogos e dos três Mundiais Militares que participei.  Cavalos muito bons em sua maioria, todos em condições de saltar o GP do último dia a 1.30/1.35 metro.  Quanto às instalações hípicas, obstáculos e pistas: excelentes. Pecaram um pouco nas regras e cobranças com relação a fiscalização dos stewards, mas no geral foi muito bom. A Vila dos Atletas está de primeiro mundo."

Pódio individual
Ouro Emanuele Massimiliano Biachi / Matcho van D'Abdijhoeve - Itália - 150 pontos
Prata Claudio Goggia / Louton - Brasil - 147 pontos
3º Lixin Mago / Veerle - China - 146 pontos

Histórico do hipismo brasileiro em Jogos Mundiais Militares

Realizados desde 1995, a cada quatro anos, os Jogos Mundiais Militares estão sob responsabilidade do Conselho Internacional do Desporto Militar (CISM) e têm como objetivo principal a contribuição e o estabelecimento de relacionamentos amigáveis entre os esportistas de todas as Forças Armadas dos 140 países membros do Conselho. Em 2011, quando o Brasil sediou a 5ª edição dos Jogos, o país foi 1º colocado no quadro de medalhas e com excelentes resultados no hipismo. O Brasil foi campeão por equipes na modalidade Salto, prata por equipes no Adestramento e Concurso Completo, garantiu dois ouros individuais com Luiza Almeida no Adestramento e Jefferson Sgnaolin no Concurso Completo e ainda bronze individual com Claudio Goggia. Já em 2015, na Coreia do Sul, a delegação brasileira garantiu o 2º lugar, atrás da Rússia e à frente da China, 3ª colocada, no entanto, o hipismo brasileiro não esteve representado. Agora em 2019 na China, o Brasil computou prata individual com Claudio Goggia e a equipe fechou em 4º lugar.

Imprensa CBH com colaboração Paulo Franco; imgs: cedidas

    novo logo cob 75                              52486598 2004012323016475 4886399187605782528 n              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo -
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150

Horário de Funcionamento: 08:00 às 17:00 hrs - Seg. à Sex.

© Copyright 2010 - 2017 | Todos os direitos reservados | Produzido por  Magoo Digital