guabi620

consulta ID3

App CBH

Na primeira participação brasileira em uma Copa das Nações da temporada 2018, o Time Brasil de Salto fez bonito. Nesse domingo, 18/2, no CSIO5* "LONGINES FEI Jumping Nations Cup™ of the United States of America" em Ocala, na Flórida, a equipe verde amarela formada por Rodrigo Lambre / Coleman (0/4), Yuri Mansur / Inferno - (0/4), Felipe Amaral / Premiere Carthoes BZ - (8/0) e Fabio Leivas / Fox Trot VD Padenborre - (16/12 - descarte) fechou o GP, a 1.60 metro, disputado em duas voltas com 16 pontos perdidos - resultado que garantiu a medalha de prata ao quarteto brasileiro liderado por Pedro Paulo Lacerda, chefe de equipe e diretor de Salto da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH). 

equipe brasileira hectorGarrido650

A equipe brasileira adentra a cerimônia de premiação; img: Hector Garrido

Pedro Muylaert também competiu em Ocala e foi o reserva na Copa das Nações. A disputa com status 5* (nível máximo) teve excelente premiação de U$ 400 mil e percursos idealizados pela renomada course-designer internacional brasileira Marina Azevedo. Conforme a regra, a cada rodada, as equipes têm direito a descarte do pior resultado. O forte time do Canadá faturou ouro com Ian Millar  / Dixson (0/0), Eric Lamaze / Coco Bongo (0/0), Francois Lamontagne / Chanel du Calvaire - (5 descarte/4) e Tiffany Foster / Brighto - (4/16 descarte) totalizando 8 pontos. Duas equipes chegaram empatadas em 3º lugar totalizando 24 pontos perdidos: EUA e Irlanda. A Alemanha foi 5ª colocada e o México chegou em 6º, respectivamente, totalizando 32 e 40 pontos perdidos.   

equipe ocala650

A equipe brasileira Yuri Mansur, Rodrigo Lambre, Fábio Leivas e Felipe Amaral ladeada por Pedro Muylaert (reserva) e o veterinário Rogério Saito à esquerda e do lado direito está o chefe de equipe Pedro Paulo Lacerda

A próxima Copa das Nações em solo norte-americano com o Brasil em pista será na 8ª das 12 semanas do Winter Equestrian Festival no CSIO4* no Palm Beach International Equestrian Center, em Wellington, em 3/3.

Para o hipismo mundial, o ano de 2018 tem seu ápice com os Jogos Equestres Mundiais realizados a cada quatro anos e que chegam a sua 8ª edição entre 11 e 23 de setembro, em Tryon, Carolina do Norte (EUA). O melhor resultado das equipes do Brasil na competição foram dois quartos lugares: 1994 em Haia, na Holanda e 2010 em Lexington, EUA, e na última edição na Normandia, França, o Time Brasil fechou em 5º lugar. Aos 19 anos, em 1998 na Itália, Rodrigo Pessoa foi campeão mundial. A disputa em Copa das Nações e outros GPs de 3*, 4* e 5* no 1º semestre de 2018 faz parte do processo de preparação e observação para formação para equipe brasileira nos Jogos. 

Resultado completo

Fonte: Imprensa CBH ; img: cedida

 

 

 

    novo logo cob 75                              ministerioesp227 2017              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150 / Fax: (21) 2277-9165

© Copyright 2010 - 2017   |   Todos os direitos reservados   |   Produzido por Magoo Digital