superior covid19 2

QUIZ CBH

ID CBH 4

Nesse sábado, 5/12, o GP Top Riders Troféu Perpétuo José Roberto Reynoso Fernandez, o Alfinete, a 1.40/1.60m, foi a grande atração do Internacional Top Riders na Sociedade Hípica Paulista. Sagrou-se campeão o jovem talento da casa Thales Marino, de apenas 19 anos, que montando Deauville fechou a 1ª passagem com duas faltas (8 pontos) e zerou o 2º percurso, em 57s43.

thales0512 6

Thales Marino e Deauvielle em salto perfeito

Dos 19 conjuntos, conforme a regra, os 12 melhores - dois sem faltas, três com apenas um derrube - 4 pontos, três com 5 pontos e outros quatro com 8 pontos - voltaram para a 2ª e decisiva rodada com armação da course-designer internacional Marina Azevedo. "Com certeza será inesquecível, foi minha primeira vitória em um GP desse nível. Na primeira passagem, fiz duas faltas, virei em 11º e assim fui o 2º a largar na 2ª volta. Aí eu só pensei em fazer a minha parte, consegui fazer um percurso limpo e deixar os outros brigarem entre si. Ao final consegui: passei de 11º para 1º", declarou o campeão. "Estou muito feliz, foi fruto do trabalho de toda a equipe. Eu já havia vencido alguns Clássicos, mas esse foi o meu primeiro GP, a 1.60m, e a Deauville não decepciona. Estou muito feliz com ela, fazem quatro anos que a gente está junto e vencer o GP foi muito gratificante", finalizou o cavaleiro, campeão sul-americano Junior 2018, entre inúmeras outras conquistas nas categorias de base.

thales0512 55

Thales e Deauville no merecido galope da vitória

Marcello Ciavaglia com GR Garuda, grande campeão do GP Indoor em 1/11, que zerou a 1ª passagem e foi o penúltimo conjunto em pista focado em garantir o duplo zero, acabou cometendo duas faltas, em 62s42, resultado que lhe garantiu o vice-campeonato.

marcello0512 6

Marcelo e GR Garuda dupla vice campeã 

O último a largar foi mais um representante da nata jovem do hipismo brasileiro André Fonseca Moura que apresentando Ferrari M poderia cometer até uma falta para ser campeão. Mas acabou cometendo dois derrubes, 66s27, fechando com uma importante 3ª colocação.

andremoura0512 6 

André e Ferrari M voando em pista

Na 4ª colocação aparece cavaleiro olímpico Doda de Miranda com Jumanje do Cach, que cometeu um derrube a cada volta, 66s99. Já em 5º lugar chegou mais uma jovem amazona da casa Carolina Souza Chade, a Cacá, que montando Flying High das Umburanas, fez sua estreia em um GP desse nível totalizando apenas 9 pontos perdidos, 62s69. Fechando o placar a 6ª colocação coube a Rafael Rodrigues dos Santos montando Caramel JMen, 9 pontos, 65s36.

Contagem do ranking e agenda

A disputa foi válida pelo ranking brasileiro senior top e Marcello Ciavaglia assumiu a liderança com 279,5 pontos, seguido de perto por José Roberto Reynoso Fernandez Filho, que era líder e hoje ficou em 7º lugar no GP, agora com 277,5 pontos (contagem sem descartes). A última etapa do Ranking Brasileiro Senior Top acontece semana que vem no Internacional D´ezembro no Clube Hípico de Santo Amaro, entre 8 e 13/12. Ambas as disputas também contaram pontos para liga sul-americana em busca de duas vagas na final da Copa do Mundo 2021, na Suécia.

 podioGP0512 6

Os vencedores do GP com José Roberto Reynoso Fernandez Filho, o Alfinete, Romeu Ferreira Leite Junior, presidente da SHP, José Luiz Guimarães de Carvalho, Fernando Ferreira, conselheiro da SHP, e o chileno Jorge Oscar Aros Varas, delegado técnico

Campeão Thales Marino / Deauville - BRA - 8/0 - 8/57s43
Vice Marcello Ciavaglia / GR Garuda - BRA - 0/8 - 8/62s42
3º André Fonseca Moura / Ferrari M - BRA - 0/8 - 8/66s27
4º Doda de Miranda / Jumanje do Cach - BRA - 4/4-8/66s99
5º Carolina Souza Chade / Flying High das Umburanas - BRA - 5/4 - 9/62s69
6º Rafael Rodrigues dos Santos / Caramel JMen - BRA - 5/4 - 9/65s36


Troféu Perpétuo José Roberto Reynoso Fernandez, o Alfinete

O campeão do GP Top Riders, pelo segundo ano consecutivo, recebeu uma réplica do Troféu José Roberto Reynoso Fernandez, o Alfinete (in memorian). O proprietário do cavalo campeão também recebeu uma réplica.

Alfinete conquistou seu primeiro título internacional em 1965, quando foi vice-campeão Mundial de Juniores na Itália. O cavaleiro foi membro da equipe brasileira que conquistou o primeiro ouro no Salto nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg, Canadá, em 1967. Em 1968, Alfinete classificou-se em 7º lugar individual nos Jogos Olímpicos do México. Conhecido por um estilo impecável sobre o cavalo, o cavaleiro também tem em seu extenso currículo o tetracampeonato brasileiro senior (1975/1976/1978 e 1981) e o hexacampeonato do Torneio Pão de Açúcar (1975/1977/1978/1980/1982/1990), mais antigo evento da Sociedade Hípica Paulista.

Esse ano, o evento coincide com a exposição José Roberto Reynoso Fernandez no pátio anexo da sede Social da Sociedade Hípica Paulista .

 

Imprensa CBH com fotos: Luis Ruas 

    novo logo cob 75                              52486598 2004012323016475 4886399187605782528 n              seloLeiIncentivoVertical 72

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo -
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150

Horário de Funcionamento: 08:00 às 18:00 hrs - Seg. à Sex.

© Copyright 2010 - 2017 | Todos os direitos reservados | Produzido por  Magoo Digital