superior covid19

QUIZ CBH

ID CBH 4

O cavaleiro olímpico e medalhista pan-americano Luiz Augusto Faria, o Guto, assumiu o cargo de técnico do Concurso Completo de Equitação para atletas em atividade no Brasil. Guto vai atuar em parceiria com o técnico internacional a ser oficializado em breve.

Guto, hoje com 47 anos, se mudou para Inglaterra em 1992, aos 16 anos, onde trabalhou com Diana Clapham, campeã mundial, campeã européia e vice-campeã olímpica com a equipe inglesa. Morou mais de 11 anos na Inglaterra onde teve a oportunidade de aperfeiçoar sua técnica e competir no circuito europeu do Concurso Completo e em Jogos Olímpicos.

guto face650F

Guto Faria, técnico do Concurso Completo no Brasil, traz na bagagem vasta experiência internacional 

Integrou a equipe 6ª colocada, na Olimpíada de Sydney 2000, onde zerou o cross, ao lado Gustavo Pagoto, que também zerou o cross-country, ao Serguei Fofanoff e Vicente Araújo Neto, conquistando o melhor resultado do Brasil nos Jogos. Integrou a equipe medalha de brone no Pan-americano 2003, garantindo a vaga do Brasil na Olimpíada de Atenas 2004. A última grande competição internacional do cavaleiro foram os Jogos Equestres Mundiais 2010, em Kentucky (EUA). Detém, até hoje, o melhor resultado de um cavaleiro brasileiro no tradicional e difícil concurso de Badminton, na Inglaterra.

Após o retorno ao Brasil, Guto morou em Uberlândia e Goiânia, onde também liderou uma Escola de Equitação e trabalhou com as modalidades western: Rach Sorting, Team Penning e Três Tambores. Após 12 anos em Goiânia, Guto voltou para São João da Boa Vista no interior paulista, sua cidade natal, onde mantém o Centro de Treinamento Guto Faria, voltado à equitação clássica e modalidades western.

O convite para atuar como treinador de Concurso Completo no Brasil é uma satisfação para Guto. "Acho que com minha experiência e vivência internacional posso ajudar os cavaleiros que estão buscando uma vaga nas equipes do Sul-americano e Pan-anemricano e também àqueles que estão subindo de categoria", coloca Guto. "Foi a minha experiência no Concurso Completo que me proporcionou o conhecimento e a vida profissional que levo hoje. Quero devolver ao esporte o que ele me proporcionou", destaca o cavaleiro, que esse final de semana vai acompanhar o Concurso Nacional Combinado, em Ribeirão Preto, primeiro evento da modalidade em solo brasileiro na temporada 2022.

Conforme planejamento da nova gestão da Confederação Brasileira de Hipismo, a agenda de concursos no Brasil voltará a ser valorizada com mais etapas e também aprimoramento do grau de exigência. "Acho que todos os competidores precisam focar na melhora do nível técnico, tanto no Adestramento e Salto, modalidades em que contamos já com bons treinadores, mas também especialmente no cross-country", finaliza Guto.

Imprensa CBH ; img: acervo pessoal

    novo logo cob 75                              sec esporte 2              seloLeiIncentivoVertical 72           EUw1EH7X0AE6DBv          institutoethos               pactopeloesporte               horsepilot 

  2020110351982001605034774

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo -
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150

Horário de Funcionamento: 08:00 às 18:00 hrs - Seg. à Sex.

© Copyright 2010 - 2017 | Todos os direitos reservados | Produzido por  Magoo Digital