superior hipismo 2

QUIZ CBH

ID CBH 4

A equipe brasileira de Adestramento no Mundial 2022 - ECCO FEI World Championships Herning 2022 - na Dinamarca, entre 6 e 14/8, está definida: João Victor Macari Oliva, 26, com Escorial Horsecampline, Pedro Tavares de Almeida, 28, com Famous do Vouga, ambos cavaleiros olímpicos e medalhista pan-americanos, e Nuno Chaves de Almeida, 34, filho de portugueses nascido no Rio de Janeiro que passou a competir pelo Brasil em abril de 2022, com Feel Good VO, que fará sua estreia em grandes competições internacionais.

JOAO CONVOC0407

João Vitor Marcari Oliva e Escorial Horsecampline no CHIO Aachen 2022, meca do hipismo mundial, onde registrou 79,326% no Grand Prix e 70,830% no Grand Prix Special; img: Luis Ruas 

“O momento é especial e estamos muito contentes em contar com uma equipe desse nível. Temos o João entre os 50 melhores do ranking mundial, o Pedro subindo no pódio em concursos importantes na Europa e também o Nuno, que com muito pouco tempo de adaptação com o cavalo conseguiu rapidamente sua classificação”, destaca Sergio de Fiori, diretor de adestramento da CBH no ciclo olímpico até Paris 2024.   

PEDRO CONVOC0407

Pedro Tavares de Almeida com Famous do Vouga registrou seu melhor índice  rumo ao Mundial no CDI3* Beloura, Portugal, com 69,630% ; img; Rui Pedro Godinho

Acompanha o Time Brasil, o técnico Norbert Van Laak, renomado treinador e cavaleiro alemão, com vasta experiência internacional. Há vários anos, Van Laak também treinava o cavaleiro top brasileiro João Victor Macari Oliva, atual nº 47 do ranking mundial. A chefe de equipe será Pia Aragão, renomada treinadora e premiada amazona, quatro vezes vencedora do Prêmio Brasil Olímpico.

NUNO CONVOC0407

Nuno Chaves  de Almeida com Feel Good VO, conjunto em franca ascensão, garantiu a qualificação técnica para o Mundial com dois índices

Rumo ao Mundial

A modalidade abre o Mundial - ECCO FEI World Champinonships Herning 2022 no dia 6 de agosto e terá como palco o Stutteri Ask Stadium, O Grand Prix será dividido em dois dias, 6 e 7, o GP Special acontece no dia 8 e o Freestyle dia 10.

O Adestramento fez parte do Mundial desde a primeira edição em 1990, em Estocolmo, Suécia. O Brasil, que soma quatro participações, estreou em 2002 nos Jogos de Jerez de La Frontera, Espanha, com o conjunto Micheline Schulze/Frapé. A partir de Kentucky 2010 passou a competir como equipe, registrando nessa estreia seu melhor resultado, 14º, com atletas não avançando além do Grand Prix.

Perfis integrantes da equipe brasileira

Nome: João Victor Macari Oliva 
Cavalo: Escorial Horsecampline – Puro Sangue Lusitano
Data de nascimento: 02/02/1996
Natural de: São Paulo, SP
Residência: Benavente - Portugal
Onde treina: Campline Horse – Herdade da Aroeira – Santo Estevão, Benavente, Portugal.

Participações internacionais de destaque: Olimpíadas de Tóquio 2021 e Rio 2016, Pan de Lima 2019 e Toronto 2015, Sul-americano do Chile 2014; Final da Taça do Mundo de Dressage 2017; Jogos Equestres Mundiais da Normandia 2014 e de Tryon 2018; CHIO de Aachen, Alemanha em 2021 e 2022.

Principais conquistas: Bronze (equipe) nos Pan-Americanos de Lima 2019 e de Toronto 2015; melhor resultado do Brasil em Olimpíadas, nos Jogos de Tóquio 2021 (26º entre 59 competidores e a nota 70,419%), superando o também melhor resultado nos Jogos do Rio 2016 (68,071%); medalha de ouro (individual e equipe) no Sul Americano 2014, no Chile; melhor brasileiro em uma Final da Taça do Mundo de Dressage, em 2017, em Omaha, Estados Unidos; melhor atleta da equipe brasileira nos Jogos Equestres Mundiais da Normandia, na França, em 2014, e de Tryon, em 2018, nos Estados Unidos. No circuito europeu pós Tóquio foi campeão no CDI4* Oldenburg, Alemanha, em 2021, e três vezes campeão no CDI3* de Jerez de La Frontera, Espanha, em 2022. João Victor Oliva é também pentacampeão brasileiro (Amador em 2008, Mirim em 2009, Junior em 2010 e 2011, Young Riders em 2012). Hexacampeão no Hipismo Adestramento do Prêmio Brasil Olímpico conferido pelo Comitê olímpixo do Brasil/COB (2014 a 2018 e 2021).

Índices rumo ao Mundial de Herning, Dinamarca: A dupla João Victor Marcari Oliva / Escorial Horsecampline somou 11 índices entre 2021 e 2022 com participação em CDIs de 3*, 4* e 5* na Alemanha, Espanha, França, Portugal, Qatar e nas Olimpíadas de Tóquio, com notas acima de 70% no GPe com juízes FEI5*, e o recorde brasileiro, 74,000% registrado no dia 25/3/2022 no Grand Prix do CDI3* de Jerez de La Frontera, Espanha, ocasião em que o conjunto venceu três das quatro provas que participou além de um 3º no GP Freestyle.

Sobre Escorial Horsecampline: Dono do título de “garanhão de mérito 5 estrelas”, este Puro Sangue Lusitano de 12 anos vem sendo montado por João Victor Oliva desde o final de 2020 dentro do projetom olímpico da Campline Horse, proprietária do animal. Foi montaria de dois cavaleiros portugueses, o olímpico Daniel Pinto e Ricardo Vinhas Reis que o levou a nível de Grande Prêmio em 2019. Com João Victor cruzou a linha dos 70% , média que mantém desde a estreia, e representou o Brasil nos Jogos de Tóquio.

Nome: Pedro Tavares de Almeida 
Cavalo: Famous do Vouga – Puro Sangue Lusitano
Data de nascimento: 11/12/1993
Natural de: São Paulo, SP
Residência: São Paulo, SP
Onde treina: Sociedade Hípica Paulista

Participações internacionais de destaque: Olimpíadas do Rio 2016 e reserva em Tóquio 2021; Pan-americano de Lima 2019, Jogos Equestres Mundiais da Normandia 2014 e de Tryon 2018.
Principais conquistas: Medalha de bronze (equipe) nos Jogos Pan-americanos de Lima 2019, Campeão Brasileiro Sênior Top 2015 e vice-campeão 2017; conquistou o Prêmio Hipismo Brasil da CBH em 2009.

Índices rumo ao Mundial de Herning, Dinamarca: Pedro Tavares de Almeida / Famous do Vouga somou cinco índices entre 2021 e 2022 em CDIs de 3* e 4* realizados na Espanha, França e Portugal. O melhor resultado da dupla foi registrado no CDI3* de Beloura, em Sintra, Portugal, em abril de 2022, quando foi vice-campeão do GP com a nota média final 69,630%.

Sobre Famous do Vouga: Puro Sangue Lusitano de 12 anos foi selecionado pela família do cavaleiro, Tavares de Almeida, na Coudelaria Rocas do Vouga. O conjunto, formado em 2021, ano de estreia do animal no circuito internacional, foi reserva do Brasil nos Jogos de Tóquio.

Nome: Nuno Chaves de Almeida 
Cavalo: Feel Good V.O - Westfalen
Data de nascimento: 26/12/1987
Natural de: Niterói – RJ
Residência: Santarém - Portugal
Onde treina: Academia Dressage – Arruda dos Vinhos - Portugal

Participações internacionais de destaque: Principais competições de Adestramento em Portugal

Índices rumo ao Mundial de Herning, Dinamarca: Nuno Chaves de Almeida / Feel Good V.O somam dois índices registrados em 2022 nos Grand Prix de CDIs3* realizados em Portugal no mês de abril: em Abrantes registrou 67,065% e em Beloura 67,348%.

Sobre Feel Good V.O: Garanhão warmblood, aprovado em Westfalen, na Alemanha, representa genética campeã na Dressage através de Franziskus, Dimension, Parforce, sendo uma das principais apostas da Coudelaria Ilha Verde na seleção alemã de cavalos atletas para Dressage de ferro VO, do criador Victor Oliva e opção de montaria do olímpico João Victor Marcari Oliva. A dupla Nuno Chaves de Almeida / Feel Good V.O foi formada em 2022.

Imprensa CBH com colaboração Rute Araujo; imagens: Luis Ruas e Rui Pedro Godinho

    novo logo cob 75                              sec esporte 2              seloLeiIncentivoVertical 72           EUw1EH7X0AE6DBv          institutoethos               pactopeloesporte               horsepilot 

  2020110351982001605034774

CBH - Site Oficial da Confederação Brasileira de Hipismo -
Rua Sete de Setembro, 81 - Ed. Moscoso Castro, 3º andar - CEP: 20050-005 Rio de Janeiro (RJ) - Tel: (21) 2277-9150

Horário de Funcionamento: 08:00 às 18:00 hrs - Seg. à Sex.

© Copyright 2010 - 2017 | Todos os direitos reservados | Produzido por  Magoo Digital